Publicidade

A Casa Museu de Monção/Universidade do Minho em colaboração com a Liga de Combatentes – Núcleo de Monção e o Município de Monção promove novamente a exposição intitulada – A participação dos soldados portugueses na 1ª Grande Guerra (1914-1918).

Nesta exposição é possível observar um acervo gentilmente cedido pelo Dr. Manuel Albino Penteado Neiva, que foi usado por soldados portugueses que integraram o Corpo Expedicionário Português (CEP) e mais propriamente a designada “Brigada do Minho”, composto por objectos originais tais como capacetes e invólucros de armas designados como a “arte das trincheiras”, espadas, revolveres, máscara anti gás, o telefone usado nas trincheiras, mapas, objectos do quotidiano como o cantil, o prato de marmita, o garfo e a colher, moedas e notas da época, condecorações, bibliografia essencial da Grande Guerra, entre outras.

Nesta exposição pode observar-se documentação original da mobilização dos jovens portugueses para a Grande Guerra, relatos de La Lys e da vida nos campos de prisioneiros, a vida nas trincheiras, as designadas “cartas da saudade” escritas pelos jovens portugueses, elementos relativos às devoções e crenças no período da Guerra, os postais e textos e memórias dos combatentes.

Trata-se de uma iniciativa conjunta desta Unidade Cultural da Universidade do Minho, a Casa Museu de Monção e conta com a colaboração do Dr. Manuel Penteado Neiva (cedência espólio), do Núcleo de Combatentes – Núcleo de Monção e do Município de Monção. A Exposição pode ser visitada na Sala de Exposições Temporárias da Casa Museu de Monção até ao próximo dia 15 de Fevereiro.