Os barcelenses Indignu são um dos nomes nacionais a subir ao palco do Milhões de Festa. Foto: João H. Pereira
Publicidade

Já há mais nove nomes confirmados para o Milhões de Festa. O festival, que todos os anos abana e anima Barcelos, está de volta para a sua 11ª edição, de 6 a 9 de Setembro.

Electric Wizard, Circle, The Heliocentrics, 700 Bliss, Natalie Sharp, UKAEA, Pharaoh Overlord, Mirrored Lips e Indignu  são os artistas que sobem ao palco da cidade minhota. A eles juntam-se os já anunciados The Mauskovic Dance Band, Warmduscher, Kink Gong, Os Tubarões, Tajak e Gonçalo.

Um cartaz, mil sonoridades

A repetir a sua presença no Milhões de Festa estão os Electric Wizard, que mantêm vivo os sons mais pesados do metal. Da Finlândia vem o rock experimental dos Circle e dos Pharaoh Overlord. The Heliocentrics vivem à altura do festival com o seu espírito de fusão musical, não fossem eles conhecidos por misturar vários géneros, desde música étnica ao psicadelism.

700 Bliss, o projecto de Moor Mother e DJ Haram, vem a Barcelos a propósito do EP 700 Bliss. Natalie Sharp dá a conhecer o seu mais recente Lone Taxidermist. Os UKAE trazem ao festival um espectáculo de rave techno-ritualística . Das latitudes russas chega o punk das Mirrored Lips. A terminar esta ronda estão os Indignu, os  naturais de Barcelos que ganharam exposição com o álbum Odysseas.

O Milhões de Festa nasceu em 2006 pela mão da editora Lovers&Lollipops, tendo passado primeiramente por Braga e pelo Porto. O festival fixou-se em Barcelos em 2010,  local onde criou uma das suas imagens de marca: a instalação de um palco nas Piscinas Municipais, onde os melómanos podem assistir aos concertos enquanto se divertem na água.

O festival define-se como “uma alternativa ao circuito normal de festivais de Verão, para aqueles que procurem novas linguagens e espaços”. Ainda faltam confirmar mais nomes do Milhões de Festa; mais informações no website oficial do evento.