Cinecôa exibe ‘O Caderno Negro’

O mais recente filme do produtor Paulo Branco é o grande destaque do 7º Cinecôa - Festival Internacional de Cinema de Vila Nova de Foz Côa, que se realiza entre 27 e 29 de Setembro

Publicidade

Um órfão e uma ama de nascimentos misteriosos. Uma viagem de Roma a Lisboa que testemunha tenebrosas intrigas no Vaticano, uma paixão fatal, um funesto duelo, as convulsões da Revolução francesa e a ascensão de Bonaparte. É assim o filme O Caderno Negro, da realizadora Valeria Sarmiento, o grande destaque da sétima edição do Cinecôa – Festival Internacional de Cinema de Vila Nova de Foz Côa, que se realiza entre 27 e 29 de Setembro.

A longa-metragem, inspirada no Livro Negro de Padre Dinis, de Camilo Castelo Branco, é uma co-produção luso-francesa protagonizada por Lou de Laâge, com pequenas participações de actores portugueses como Filipe Vargas, Victoria Guerra ou Catarina Wallenstein. O filme vai ser exibido em antestreia no primeiro dia do Cinecôa, às 21 horas, na presença do produtor, Paulo Branco, que vai ser homenageado na edição deste ano.

Outro dos trunfos do festival é a antestreia de Uma Vida Sublime, de Luís Diogo: o doutor Ivan encontrou duas curas radicais para a infelicidade: o diagnóstico de cancros terminais falsos e a eliminação temporária de alguns dos cinco sentidos. As terapias resultarão ou terão efeitos secundários imprevisíveis… A película vai para o ar no dia 28, também às 21 horas.

E porque este é o mês das Vindimas, o Cinecôa vai mostrar, no dia 29, às 18, o documentário Setembro A Vida Inteira, de Ana Sofia Fonseca, uma doce história sobre as famílias que fazem vinho com amor em Portugal.

Setembro A Vida Inteira viaja pela intimidade das vinhas e das adegas, descobrindo paixões, crimes e aventuras. Mas este documentário é também sobre paixão, liberdade e fé. Um convite à reflexão sobre a natureza humana e à relação entre os donos da terra e quem a trabalha”, pode ler-se na sinopse da obra.

Ao todo, são 14 películas, entre longas, curtas-metragens e documentários, para ver nos três dias do Cinecôa, que tem um lugar especial para a música – além do concerto da banda Moonshiners, no dia 28, há o espectáculo “Música de Filmes”, com o maestro António Vitorino d’Almeida, a 29 de Setembro.

Os mais novos vão ter sempre disponível o Espaço Juvenil – Cinema Júnior, e está ainda prevista a apresentação dos vencedores do concurso Youtubers “Ponhadouronomapa.pt”, com a presença de Rita Ferro Rodrigues e Anabela Mota Ribeiro, bem como do livro O Mistério do Quarto Escuro. A história do Cinema contada às crianças. O festival vai decorrer no auditório municipal de Vila Nova de Foz Côa e tem entrada livre.