Mais de 2 mil vinhos para provar no Wine in Azores

A 10ª edição decorre entre 19 e 21 de Outubro na Ribeira Grande, ilha de São Miguel

O copo comemorativo dos 10 anos de Wine in Azores
Publicidade

Mais 2 mil vinhos vão passar pela 10ª edição do Wine in Azores, o maior evento empresarial dos Açores e um dos maiores do género do país, que decorre entre amanhã e domingo na Ribeira Grande, ilha de São Miguel.

Durante três dias, os visitantes vão poder provar os néctares dos produtores presentes e conhecê-los pessoalmente, assistir a demonstrações gastronómicas por alguns dos mais conceituados chefs de cozinha e deliciar-se nas afamadas “Tascas Gourmet”.

Joe Best, Rui Martins, Rui Paula, Paulo Mota e Francisco Gomes são alguns dos nomes que vão participar no ‘Bar Festival in Azores’, que além dos showcookings inclui provas comentadas e provas cegas. Diversos barmans nacionais vão ainda demonstrar técnicas e tendências relativamente a bebidas e cocktails.

Outro dos destaques, na gastronomia, é a estreia do pop up “Bisca dos 3”, um projecto inovador que consiste em criar novos menus a partir da cozinha tradicional portuguesa. Desta vez, o gastrónomo Nuno Nobre e os chefs Luís Rodrigues e Vasco Lello propõem uma ementa com Sopa de Peixe Seco da Graciosa, Sopa da Pedra Vulcânica e as famosas sandes Bisca, mas agora servidas no bolo lêvedo da região: a Trifana de Porco, a Alcatra, a Mística de Vaca ou o Prego de Lombo Açoreano são algumas das propostas. Outras surpresas vão surgir, consoante a inspiração dos 3 da Bisca e dos produtos locais disponíveis.

O festival promove ainda o ‘Wine in Azores Design Award’s 2018′, que vai premiar os vinhos que mais surpreendam pela imagem global. Todos os néctares presentes no evento vão estar em competição, pois, segundo a organização, a garrafa e o rótulo são o primeiro convite à prova de um vinho, espumante ou aguardente vínica. O júri vai avaliar a criatividade, inovação, conceito, legibilidade da mensagem e qualidade dos rótulos.

Para celebrar 10 anos de Wine in Azores foi criado também um copo comemorativo em cristal timbrado, que os visitantes vão ter que usar para participarem nas provas, podendo depois levá-lo para casa.