Portugal comemora Dia Europeu do Enoturismo

Provas de vinhos, magusto, visitas guiadas e conferências compõem o programa, que começa já esta sexta-feira

O Dia Europeu do Enoturismo comemora-se anualmente no segundo domingo de Novembro. Fotografia: C.M. Reguengos de Monsaraz
Publicidade

O Dia Europeu do Enoturismo assinala-se no próximo domingo, mas nalguns pontos do país as comemorações arrancam já esta sexta-feira. A vila de Reguengos de Monsaraz, Capital dos Vinhos de Portugal, vai celebrar com um programa de actividades que inclui a exibição do documentário Setembro a Vida Inteira, da jornalista Ana Sofia Fonseca, um passeio TT Rota do Vinho, um magusto e uma prova de vinhos.

As comemorações arrancam hoje à noite, às 21:30, no auditório municipal, com o filme que conta a vida de homens, mulheres e crianças durante as vindimas, viajando pelas vinhas e adegas do país, e que foi Grande Prémio do Júri no Most International Wine&Cava Film Festival, em Espanha, no ano passado.

Para sábado está marcado o Passeio TT Rota do Vinho para motos, 4×4, quads e buggys, a partir das 9 horas. Este passeio em todo o terreno de dificuldade média/baixa tem cerca de 70 quilómetros e uma parte do valor da inscrição reverterá para a associação Ani+. Pelas 15 horas, a Adega José de Sousa, vai organizar uma visita gratuita, limitada a 40 pessoas, e às 18 a Casa do Benfica em Reguengos de Monsaraz acolhe a iniciativa “São Martinho à Benfica”, com prova de vinhos novos.

Ainda neste dia, às 18 horas, vai realizar-se o “Magusto de São Martinho” na Sociedade União e Progresso Aldematense, S. Pedro do Corval, com prova de vinhos e petiscos, seguindo-se a actuação do Grupo Coral da Casa do Povo de Reguengos de Monsaraz e, a partir das 22, karaoke e animação pelo dj Karlitox.

No domingo, Dia Europeu do Enoturismo, a manhã reserva uma etapa das “48 horas Automóveis Antigos ao Alentejo”, com os participantes a visitarem a vila medieval de Monsaraz e o Centro Oleiro de S. Pedro do Corval. Neste dia, o Hotel São Lourenço do Barrocal vai promover provas de vinho com visitas à adega.

Nos mesmos dias, Lagoa, no Algarve, promove as III Jornadas de Enoturismo, com o objectivo de reforçar a ligação entre os sectores vinícola e turístico, avaliar o contributo desta área enquanto complemento da oferta tradicional, apresentar boas práticas e casos de sucesso a nível internacional e nacional e debater as oportunidades para o sector.

“Existem exemplos de boas práticas por todo o país mas que ainda não estão generalizadas na região. Pretendemos aumentar o número de turistas, diversificando e enriquecendo a sua experiência através da visita a locais como adegas, caves ou vinhas”, refere o presidente do município, Francisco Martins.

As sessões das III Jornadas de Enoturismo vão decorrer de forma descentralizada, longe das tradicionais salas de auditório: na Única Adega Cooperativa do Algarve, Quinta dos Santos, Quinta dos Sentidos e Morgado do Quintão, com o intuito de colocar o público em contacto directo com as quintas vitivinícolas da região. No dia 10 vai também ser exibido, no Centro Cultural do Convento de S. José, o documentário Setembro a Vida Inteira.

A vida depois do incêndio

Nelas, no distrito de Viseu, vai assinalar o dia com uma visita aos produtores de vinho do concelho afectados pelo incêndio de Outubro de 2017. O programa de domingo inclui visita às adegas e vinhas e prova de vinhos na Quinta do Mondego, Quinta do Carvalhão Torto, Quinta do Sobral e Quinta de S. Simão. A partida está marcada para as 14 horas, junto ao edifício da Federação de Viticultores do Dão.

Palmela, em Setúbal, organiza o Festival do Moscatel nos dias 10 e 11 de Novembro, durante o qual várias adegas vão abrir portas ao público, convidando-o para visitas guiadas, provas de vinhos e produtos regionais, animação musical, ofertas e promoções especiais.

As comemorações prosseguem nos dias 17 e 24 de Novembro, com dois Concertos “Sons do Vinho”, da Orquestra Nova de Guitarras. Todas as quintas-feiras e sábados do mês decorre também a “Rota das Vinhas do Pó”, com ligação ferroviária a partir de Lisboa até à aldeia vinhateira de Fernando Pó.

No Montijo, os visitantes são convidados a provar os vinhos premiados no 17ª concurso La Selezione del Sindaco, que decorreu em Maio e Junho em Canelli, Itália, no qual a Cooperativa Agrícola de Santo Isidro foi a adega mais galardoada, tendo-lhe sido atribuídas 20 medalhas, das quais se destaca a grande Medalha de Ouro, para o Vinho Colheita seleccionada Tinto.

O Dia Europeu do Enoturismo foi instituído em 2009 pela RECEVIN – Rede Europeia de Cidades do Vinho para divulgar o património, a cultura, as tradições, as empresas e as propostas enoturísticas dos territórios que constituem a rede, contribuindo assim para reforçar o turismo na Europa em torno do vinho. A RECEVIN une actualmente 600 cidades e municípios, na promoção dos seus territórios vínicos.