As viagens com história(s) estão de volta

A IDENTIDADE DO REI

Publicidade

As Viagens com História(s) estão de volta nos dias 1, 2 e 8 e 9 do próximo mês de Fevereiro. Neste novo capítulo vamos continuar a explorar a história da cidade e viajar até ao longínquo século XII para conhecermos a Identidade do Rei. A paixão, a intriga e a revolta serão os ingredientes para mais uma viagem que nos conduz À IDENTIDADE DO REI. Foram momentos cruciais na história de Viseu e da constituição do nosso território como país.

As Viagens com História(s) são um espectáculo de storytelling que irá decorrer entre na zona da catedral, pretendendo ser um produto destinado a todos os públicos, independentemente da sua faixa etária e formação. De uma forma simultaneamente séria e lúdica, este produto conta a história e as “histórias” da cidade de Viseu ao longo de 6 temas com 4 espectáculos cada, num total de 24 espectáculos.

Assim, esta viagem pelo tempo, será feita de noite e conduzida por um narrador que fará uma introdução/apresentação a determinado acontecimento/tema que, de seguida, será encenado e dramatizado por actores. Deste modo, haverá uma simbiose entre um guião mais sério e científico proferido pelo narrador e um guião mais leve e divertido representado pelos actores. No fundo, pretende-se uma complementaridade nos discursos, apoiando-se um no outro. A verdade é que o público, sem se aperceber, acaba por apreender de forma leve informação sobre a história da cidade, das personagens, dos monumentos, etc.

Queremos sublinhar que, de modo algum, se tratam de recriações históricas, mas sim de reinterpretações livres, adaptadas ao mundo de hoje, que terão, no entanto, sempre uma base científica segura.

Os temas seguem uma ordem cronológica, tendo tido início na origem da cidade, na Idade do Ferro, com o aliciante título: “Em busca da cidade escondida” que decorreu em Julho e Agosto passado. O segundo tema contou a história dramática que a cidade viveu no período muçulmano e como foi capaz de se livrar do jogo dos árabes e intitula-se “Tempos de Guerra” tendo decorrido em Novembro de 2018. O terceiro tema assenta a narrativa na corte de D. Henrique e D. Teresa e no nascimento de Afonso Henriques com o título “A identidade do rei”. O quarto tema retrata um dos momentos áureos da cidade, com a dinastia de Avis, o nascimento de D. Duarte e a formação da Feira de S. Mateus, tendo, por isso o título “Momentos de Glória”. O quinto tema centra-se no séc. XVI e nas ilustres figuras como Grão-Vasco e D. Miguel da Silva intitulada “Primavera Viseense”. O último tema versará a modernidade, com a derrocada da fachada da Sé no séc. XVII, o barroco e a viragem para o futuro, com o título “História feita de mo(n)umentos”.

Este projecto tem como principal parceiro a Câmara Municipal de Viseu que nos honrou com a sua eleição no Programa Municipal de Apoios Viseu Cultura com o montante de 25.000.

Este projecto tem a seguinte Ficha Técnica:

Ideia e concepção: Pedro Sobral de Carvalho, Fátima Costa, Carlos Alves (Eon, Indústrias Criativas). Direcção Artística Zunzum Associação Cultural Dramaturgia e Encenação: Carlos Santiago Interpretação Isabel Costa, Márcia Leite, Paulo Matos Figurinos Mara Maravilha Concepção OTMMI* Márcia Leite e José Luís Loureiro Construção OTMMI* oficina do Zé ferreiro *Objecto Terrestre Mais ou Menos Identificado