Publicidade

CÂNDIDA DO ROSÁRIO

Nasceu no Monte, Murtosa, no Distrito de Aveiro, a 21 de Maio de 1944. Actualmente reside na cidade de Aveiro. Possui cursos de Comunicação Visual, Arquitectura de interiores e Design. Trabalhou em cenografia e figurinos para o Teatro. Mantém actividades permanentes nas artes plásticas, nomeadamente nas áreas de desenho, pintura, tapeçaria e cerâmica, actividade esta predominantemente experimentalista , de estudo e pesquisa. Organizou o Ano Têxtil de Aveiro (1995/6).

Em 1970, fundou, com outros artistas, o grupo Aveiro-Arte. Participou, individual e/ou colectivamente, em 50 exposições, entre as quais se contam para além de 28 montra Aveiro-Arte – “IV Bienal Internacional de Arte de Vila Nova de Cerveira”, “I Exposição de Artes Plásticas da Câmara Municipal do Porto”, “I Montra de Arte Contemporânea Portuguesa no Brasil”, – Rio de Janeiro, “V Bienal Internacional de Arte de Vila Nova de Cerveira”, “3ª Montra de Artes Plásticas Lagos/86”, “Arte Portex”, “I Bienal de Tapeçaria de Matosinhos/88”, “I e II Bienais Internacionais de Cerâmica de Aveiro” e colectivas de “A Árvore”, “VII Bienal de Vila Nova de Cerveira”, “II Bienal de Artes do Sabugal”, Simpósio de Tapeçarias de Loures e Exposições comemorativa dos 550 anos da chegada dos Portugueses ao Senegal.

Exposições individuais: Barca de Artes – Centro Cultural do Minho – Viana do Castelo 86, na Galeria Municipal – Aveiro 87, Junta de Turismo da Costa do Estoril 1991 – Exposição Museu de Aveiro, Galeria 2026 – Lisboa, 1993, Galeria Meridien – Porto, 1995 – Fórum Picoas 1995, Museu do Traje – Lisboa 1996, Pirescoxe, Loures 2015, Campolide – Lisboa 2015-2016.

Do seu curriculum fazem parte alguns prémios de design industrial e inúmeras viagens de estudo pela Europa.

Está representada em diversas colecções particulares.