A exposição “Virgílio Domingues. Desenhos”, inaugurada este sábado

Publicidade

A mostra, inaugurada pelo artista Virgílio Domingues e pelo vereador da Cultura da Câmara Municipal de Setúbal, Pedro Pina, apresenta desenhos, esboços e estudos de esculturas, numa demonstração da evolução do escultor e da sua obra ao longo das décadas de 60, 70 e 80.

Patente na Galeria Municipal do Banco de Portugal, a exposição “Virgílio Domingues. Desenhos”, organizada pela autarquia, pode ser visitada até dia 7 de abril, de terça a sexta-feira das 11h00 às 14h00 e das 15h00 às 18h00, aos sábados das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 e aos domingos das 14h00 às 18h00.

Virgílio Domingues, licenciado em Escultura pela Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa, foi durante vários anos membro da direção da Sociedade Nacional de Belas-Artes.

Em Setúbal, a obra do artista está representada em diversos locais, incluindo a própria Galeria Municipal do Banco de Portugal, com a exposição de escultura “Antimonumentos”, composta por 28 peças, que doou por protocolo ao município, em 2009.

Destaque ainda para a coautoria do monumento que evoca as nacionalizações, na Praça de Portugal, a que se juntam outros trabalhos, fora de Setúbal, como o Palácio da Justiça de Lisboa, a Faculdade de Economia do Porto, a Faculdade de Engenharia de Coimbra.

Setúbal homenageou Virgílio Domingues, representado em inúmeras coleções privadas e institucionais em Portugal e no estrangeiro, com a Medalha de Honra da Cidade, em 2018.