Bodyboard Nacional faz grande aposta para 2019

Publicidade

Mais e melhor bodyboard, mas sobretudo maior espectáculo e visibilidade é o que promete o calendário nacional da modalidade para 2019, apresentado hoje na sede da Federação Portuguesa de Surf (FPS). Três circuitos que abrangem alguns dos principais spots de ondas do país, entre Março e Novembro, alicerçados numa nova proposta de comunicação (BboardTV) que visa reacender o entusiasmo à volta de um desporto em que Portugal é uma das potências internacionais, com campeões europeus e mundiais.

Para o circuito nacional Open (que engloba competição masculina, feminina e Dropknee) começa em Peniche já em Março, região pontuada por algumas das melhores ondas do país, com destaque para a “rainha” Supertubos, palco de grandes competições internacionais de desportos de ondas, passando pela Costa da Caparica, um dos berços históricos da modalidade em Portugal, seguindo para as ondas de excepção de Santa Cruz, depois Carcavelos, outra praia emblemática, e concluindo nos excelentes “beachbreaks” de São Jacinto.

Um alinhamento que agrada sobremaneira ao campeão nacional em título, Hugo Pinheiro:

“Fico contente por termos mais etapas e estarmos a assistir a uma revitalização do bodyboard. Temos visto uma aposta renovada no circuito nacional. É fundamental que os circuitos nacionais sejam mais fortes pois são a base do desporto.”

Comentando a composição do calendário e os locais escolhidos, o quatro vezes campeão nacional revelou-se agradado com as opções:

“Este ano temos etapas em sítios interessantes como S. Jacinto e Peniche. É um alinhamento com spots de grande qualidade e seria muito importante que outros atletas que não competem regularmente viessem atraídos pelo potencial destas provas e aparecessem nestas etapas. Para bem do espectáculo.”

Quanto às expectativas pessoais, Pinheiro não assume a tentativa da quinta coroa nacional:

“A expectativa é sempre a mesma, fazer o meu melhor e, se o melhor der para  ganhar, óptimo, mas não vou com expectativas. Este ano contamos com quatro etapas para o masculino, pelo que vai ser um ainda mais renhido do que habitualmente. Mas vou também para  encontrar amigos e rivais de sempre. O resultado virá depois.”

Também a pentacampeã nacional Joana Schenker, ausente do país mas contactada telefonicamente, se manifestou muito satisfeita com o figurino do circuito nacional feminino, que encara também como “um bom treino” para o circuito mundial, grande objectivo desta ex-campeã do Mundo.

“Fico muito feliz com a escolha de locais para o circuito. Teremos boas praias e, o que também é bom para mim, o circuito acaba antes do arranque do Mundial, pelo que é um excelente treino competitivo. Quanto a objectivos, sei que terei de lidar com a nova geração de bodyboard que está aí em força, mas isso também é um aliciante e estou muito entusiasmada para as provas que aí vêm.”

Como grande novidade desta edição, a parceria da BboardTV , com a Federação Portuguesa de Surf que se traduz na constituição de um gabinete de imprensa para todo o circuito e um programa a desenvolver ao longo de 2019 no sentido de dotar a formação de juízes da FPS com imagens actuais e seleccionadas em ambiente de competição

O Projeto BboardTV nasceu como meio de divulgar a modalidade e dar visibilidade aos atletas, apoiar a estabelecer parcerias com agentes desportivos como escolas, clubes e associações.

Uma aposta que é vista com muito bons olhos pelo presidente da FPS, João Aranha: “Este é um projecto que, no fundo, pretende continuar o trabalho da Federação, que tem trazido novos talentos à modalidade, sobretudo através do incremento da comunicação. Para nós é simples aceitar um apoio que nos ajuda a melhorar a comunicação, que estava na mãos dos clubes de forma independente e que agora estabelece um fio condutor e uma estrutura mais profissional. Tudo isto vai dar uma melhor imagem dos atletas e promover o Bodyboard.”

Por sua vez, Nuno Sousa Lopes, o homem por trás do projecto BboardTV e o produtor dos circuitos nacionais para os próximos dois anos, também dá conta da ambição que motivou esta iniciativa: “A BboardTV nasce pela conjugação de vários factores: o facto de ter um filho que pratica a modalidade [Rodrigo Lopes, ex-campeão europeu de juniores] e a quem sigo para todo o lado há 8 ou 9 anos e o interesse que tenho na comunicação e imagem. Tenho seguido os circuitos de forma amadora há dois anos e agora, este ano, com maiores e melhores recursos decidimos avançar com a co-produção e comunicação destes circuitos. O grande objectivo para 2019 é apresentar trabalho sério que permita a divulgação e aumento da visibilidade do bodyboard e assim ir de encontro às pretensões de todos os envolvidos, nomeadamente, atletas, associações e autarquias.”

Calendário Nacional Bodyboard 2019

1ª etapa

23 e 24 de março, Peniche, BB Open BB Fem e BB Dropknee Organização: FPS / PPSC

2ª etapa

13 e 14 de abril Costa da Caparica, BB Open BB
Fem e BB Dropknee Organização: FPS / Câmara Municipal de Almada

3ª etapa

18 e 19 Maio, Santa Cruz, BB Open e BB Fem
Organização: FPS / A.S.S.C

4ª etapa

25 Maio, Carcavelos, BB Fem FPS / Aqua Carca 

5ª etapa

01 e 02 Junho, S. Jacinto BB Open e BB Dropknee Organização: FPS / ASA

Circuito Nacional Bodyboard Esperanças (Formação)

1ª etapa, 04 de Maio, Vila do Conde, FPS / CFVC

2ª etapa, 08 de Junho, Peniche, FPS / PPSC

3ªetapa, 5 de Outubro, Póvoa de Varzim, FPS / CNPovoense 

4ªetapa, 1 de Novembro, Carcavelos, FPS / Aqua Carca

Circuito Nacional Bodyboard Esperanças (Competição)

1ª etapa, 11 e 12 de Maio, Nazaré, FPS / CDAN

2ª etapa, 9 e 10 de Junho, Ericeira, FPS / ESC

3ª etapa, 19 e 20 de outubro, Póvoa de Varzim, FPS / CNPovoense

4ª etapa, 2 e 3 de novembro, Carcavelos, FPS / Aqua Carca