“Teatro mais pequeno do mundo” estreou-se em Pampilhosa da Serra

Publicidade

A digressão do “Teatro Mais Pequeno do Mundo”, nova proposta artística do programa Coimbra Região de Cultura, começou hoje em Pampilhosa da Serra.

Sob o tema “Debaixo do Capuz – Histórias de devorar e chorar por mais”, este projecto artístico multidisciplinar, foi apresentado no átrio da Câmara Municipal e fomentar uma interacção envolvente e intimista com o público presente, através de curtas-metragens teatrais.

Assim, os espectadores foram convidados a “mergulhar no universo misterioso, encantado e obscuro destes contos” e a deliciarem-se com os sonhos, os crimes e as expectativas das suas personagens”. O famoso ‘viveram felizes para sempre’ foi “destronado”, sendo que os intervenientes foram convidados a “questionar onde mora afinal a felicidade, a verdade, a justiça e a moral neste mundo moderno”, tal como adiantou a organização.

O projecto dirigido pelo encenador Graeme Pulleyn, antigo director artístico do Teatro Montemuro, será também exibido em 14 municípios da Região de Coimbra, sendo que a próxima apresentação está agendada para o próximo dia 2 de Março em Montemor-o-Velho.

Recorde-se que o ‘Teatro Mais Pequeno do Mundo’ está inserido no programa ‘Coimbra Região de Cultura’ que, até Abril de 2019, vai percorrer os 19 municípios que integram a Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, através de uma rede de programação patrimonial e cultural que incorpora mais de 150 iniciativas.