Hélder Folgado inaugura ciclo de exposições “Hoje os irmãos Franco”

Publicidade

O Museu Henrique e Francisco Franco apresenta um novo ciclo de exposições temporárias que procuram dinamizar um espaço cultural de grande relevância para a memória cultural do modernismo português, criando diálogos entre os artistas actuais e os trabalhos dos irmãos Franco, que tanto enriqueceram a História da Arte Portuguesa.

Cada artista terá cerca de um mês de exposição onde apresentará uma ligação, ou uma inspiração, desenvolvida entre os seus trabalhos e os trabalhos dos irmãos, sendo esta directa ou indirecta, destacando a exploração da plasticidade e das sensações transmitidas pelas obras expostas.

O primeiro artista convidado a expor é Hélder Folgado, com a exposição intitulada “Agir é intervir. Um braço que se estende ocupa espaço…” entre 15 de Março e 26 de Abril. Este conta com um vasto currículo a nível de escultura, tendo realizado a sua formação até o ano 2009, adquirindo o estatuto de Mestre em Escultura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, realizando trabalhos, exposições e sendo galardoado desde então. A sua primeira exposição individual realizou-se entre Agosto e Novembro do ano anterior, intitulada Melancolia, nascida a partir de uma residência artística, após inúmeras participações em exposições colectivas.

A inauguração será no dia 15 de Março às 18h. Esta será de entrada gratuita e visitável entre as 9h30 e as 18h de segunda a sexta-feira.