Revista dos 25 anos do Grupo Gente Gira em exibição até finais de Abril, no Cadaval

Em Maio, a companhia teatral sairá em digressão

Publicidade

Mantém-se em cena, no cineauditório Valentina de Abreu (Cadaval), até finais de Abril, o espectáculo “Revista no Coração – 25 Anos de Gente Gira”, que assinala um quarto de século da associação teatral cadavalense. Bom humor, canto, dança, cenários e figurinos “de encher a vista” são os ingredientes invariáveis. Em maio, seguirá em digressão. Se não viu, não perca!

Segundo adianta Gonçalo Costa, presidente do Grupo Gente Gira, as oito exibições já realizadas foram do agrado do público, o que é atestado pela afluência, que já suplantou o milhar de espectadores.

Trata-se de uma revista que, segundo o também actor e coordenador, representa um acréscimo de qualidade, ou não fosse esta a edição comemorativa dos 25 anos da associação teatral cadavalense.

«São vários os ingredientes que vamos aqui misturando para uma grande revista. É sem dúvida uma revista à grande e à portuguesa», assevera Gonçalo.

«Nesta nova revista temos, pelo menos, dois grandes momentos de homenagem. Homenageamos Amália Rodrigues, por se completarem 20 anos do seu falecimento e temos também uma grande homenagem ao teatro amador. Ou seja, aos actores amadores do GGG e aos que por cá já passaram», refere o responsável.

São vários os momentos de humor, canto e bailado, sendo que o espectáculo não poderia deixar de incluir os parabéns pela longevidade do grupo. «Temos, depois, momentos acerca de emigração, referência a cantores portugueses, entre outras personagens que vão surgindo ao longo de duas horas e meia, que vão certamente animar os espectadores», afirma.

Assinam os textos Filipe La Féria, Francisco Nicholson, Miguel dias, Renato Pino, Marisa Carvalho, Rita Tavares, André Camilo e Inês Marto. A música é da autoria de Carlos Dionísio enquanto na cenografia estão David Ventura, Anabela Rodrigues e Alma Nau. O guarda-roupa tem cunho de Rosário Balbi e Natália Lopes, a coreografia cabe a Joana Aires e a direcção artística é de João Duarte Costa.

A nova produção do GGG conta com mais cenários do que tem sido habitual. «Conseguimos pôr mais varas de cenários e mandámos pintar cenários novos. Para manter a revista viva, pusemos cenários mesmo pintados, em vez de impressos», salientou.

O elenco é constituído por quinze actores/actrizes, bailarinos/bailarinas, cantores/cantoras, sendo que o corpo técnico também é extenso, dada a exigência técnica de montagem do espectáculo.

«Este espectáculo exigiu muito de nós todos. É um espectáculo em que quisemos elevar muito a fasquia do GGG, o que nos obrigou a trabalhar muito mais e a descansar muito menos», diz o porta-voz. «Começámos a montá-lo entre Outubro e Novembro. Desde a criação das músicas, encenação, coreografia, cenários, demora sempre tudo muito tempo», explica Gonçalo.

«Nós existimos pelo público»

A melhor prenda de aniversário que o GGG poderia querer, segundo o seu representante, seria «continuar a ter muito público, acima de tudo. Isto porque só assim faz sentido – nós existimos pelo público», observa. «O GGG existe no Cadaval há 25 anos, sendo que há 10 anos que mantemos o preço nos oito euros. Que a afluência de público se mantenha, para conseguirmos assegurar as despesas e podermos continuar actividade», acrescenta.

A «Revista no Coração» manter-se-á no cineauditório Valentina de Abreu até finais de Abril, todos os sábados, pelas 21h30. «Dia 21 de Abril, pelas 16h00, teremos, em princípio, o ultimo espectáculo cá no Cadaval, que é no domingo de Páscoa. Queremos, desta forma, juntar a família em teatro», declara Gonçalo. Quanto à digressão, já desde o ano passado que ficámos com espectáculos agendados. O mês de maio já está todo preenchido, com espectáculos fora do Concelho, e contamos continuar», afirma.

«Que o público venha, em particular os cadavalenses, pois é esta a maior gratificação que temos! Convidamos todos a assistir a esta revista que vai, com certeza, ficar na memora de todos», conclui.

A reserva de bilhetes pode ser feita pelo telefone 910 607 702 ou adquiridos directamente na sapataria “Tecalça” (Cadaval). Siga também o GGG na respectiva página de Facebook – @grupogentegira.grupodeteatro.