Três Tristes Tigres e Adolfo Luxúria Canibal revisitam temas icónicos no FIGaia

Publicidade

A 19 e 20 de Setembro, os Três Tristes Tigres e Adolfo Luxúria Canibal vão marcar presença na terceira edição do Fórum Internacional de Gaia – FIGaia, levando ao Auditório Municipal concertos que irão, por certo, despertar a memória colectiva com grandes nomes do panorama musical português.

Num regresso aos míticos anos 1990, os Três Tristes Tigres apresentarão a 19 de Setembro, pelas 21h30, um concerto intenso em que Ana Deus e Alexandre Soares revisitarão alguns dos temas mais icónicos, como «O Mundo a meus pés». As letras criadas pela escritora e poetisa Regina Guimarães servem de base a uma sonoridade inconfundível que reserva novidades para o álbum que a banda está prestes a lançar.

«Estilhaços» é a proposta que o fundador e membro dos Mão Morta levará, a 20 de Setembro, ao Auditório Municipal de Gaia. Adolfo Luxúria Canibal junta-se a António Rafael (teclas), Henrique Fernandes (contrabaixo) e Jorge Coelho (guitarra) para criar sonoridades únicas para os escritos da sua autoria, que convivem com poemas do surrealista Mário Cesariny. No contexto do FIGaia, os artistas vão interpretar uma selecção do repertório que já imortalizaram em vários discos. Numa edição dedicada à língua portuguesa nas suas várias expressões, o FIGaia oferece ainda um destaque de programação que distingue o espectáculo «Ode Marítima», de Pedro Lamares, numa leitura integral do poema de Álvaro de Campos, um dos heterónimos de Fernando Pessoa, a 12 de Setembro, pelas 21h30, também no Auditório Municipal.