Ir ao Mar Morto sem sair de Portugal

Publicidade

A Salina da Barquinha, em Castro Marim, tem uma alta concentração de sal, o que permite flutuar
E se pudesse experimentar o Mar Morto sem sair de Portugal? É possível em Castro Marim, no Algarve. Na Salina da Barquinha há banhos de sol num autêntico spa natural.

Esta salina, localizada no coração da Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António, tem uma alta concentração de minerais, cerca de 260g/l, o que faz com que o corpo flutue involuntariamente, ao contrário do que acontece no mar, em que a concentração de sal anda à vola dos 35g/l.

A experiência de lazer e bem-estar é ainda benéfica para a saúde, o que tem feito da Salina da Barquinha a “mais procurada atração turística de Castro Marim”, revela a autarquia local. O Spa salgado permite também fazer aplicações de argila, massagens, esfoliações com sal, yoga, meditação e até ser salineiro, vivendo na primeira pessoa o processo de extração do sal e flor de sal.

Tudo isto num cenário idílico, onde a brancura das salinas é ladeada por ícones da história de Castro Marim, como o Forte de S. Sebastião. “Um investimento exemplar, alavancado nos recursos endógenos de Castro Marim, na valorização do nosso património, da nossa história, um contributo ao crescimento e desenvolvimento turístico e económico do concelho”, realça o presidente da Câmara Municipal de Castro Marim, Francisco Amaral.

A Salina da Barquinha foi oficialmente inaugurada a 14 de julho, no âmbito da adesão de Castro Marim à marca Natural.PT, desenvolvida pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e ligada à Rede Nacional de Áreas Protegidas do Sistema Nacional das Áreas Classificadas. A iniciativa é da empresa “Água-Mãe”, membro da cooperativa Terras de Sal.