Um poema à Capital do Espumante

“Anadia, Capital do Espumante” é o tema deste ano do Concurso de Poesia “Letras da Primavera”, cujo prazo para entrega de trabalhos decorre até dia 31 de março

Publicidade

A Câmara Municipal de Anadia promove, pelo oitavo ano consecutivo, o Concurso de Poesia “Letras da Primavera”, cujo prazo para entrega de trabalhos decorre até dia 31 de março.

A edição destina-se a maiores de 16 anos, que podem concorrer com trabalhos inéditos e não publicados, com o limite de um poema por autor, subordinado ao tema “Anadia, Capital do Espumante”.

O concurso, realizado no âmbito da celebração do Dia Mundial da Poesia (21 de março), visa “consolidar hábitos de leitura e de escrita, bem como promover e valorizar a poesia enquanto expressão literária”, revela a Câmara Municipal de Anadia.

Os trabalhos podem ser enviados por correio normal ou eletrónico, ou entregues pessoalmente na Biblioteca Municipal de Anadia, até 31 de março, sendo expostos no átrio da biblioteca, de 4 a 30 de abril.

Durante este período, os poemas vão ser avaliados e sujeitos a votação pelos visitantes, mediante preenchimento de impresso próprio facultado pela biblioteca. Os vencedores vão ser revelados nos websites da autarquia (www.cm-anadia.pt) e da Biblioteca Municipal de Anadia (www.bm-anadia.pt), bem como através da comunicação social e da página de Facebook do município.

Os três autores mais votados vão receber prémios pecuniários no valor de 100 euros (1º lugar), 75 euros (2º lugar) e 50 euros (3º lugar), devendo a cerimónia de entrega dos prémios realizar-se em julho, no âmbito do oitavo aniversário da Biblioteca Municipal de Anadia.

Em 2015, Maria Pimenta, de Anadia, venceu o Letras da Primavera com o poema “Anadia misteriosa”. Em segundo lugar ficou Rosário Pinto, de Lisboa, com “Anadia, terra minha”, e em terceiro Providência Moreira, também de Anadia, com “Parabéns, Anadia”.