Bragança organiza exposições no Centro de Arte Contemporânea Graça Morais e no Centro de Fotografia Georges Dussaud

Bragança organiza exposições no Centro de Arte Contemporânea Graça Morais e no Centro de Fotografia Georges Dussaud

O Município de Bragança, em parceria com o Centro de Arte Contemporânea Graça Morais e o Centro de Fotografia Georges Dussaud, organizou duas exposições em homenagem aos artistas Túlia Saldanha e Georges Dussaud.

A exposição “uma hora vi”, inaugurada a 19 de Maio, estará no Centro de Arte Contemporânea até 27 de Setembro de 2020. Esta apresenta as obras de Túlia Saldanha, construídas ao longo de duas décadas, e vem na sequência da colecção apresentada na Fundação Calouste Gulbenkian, no ano de 2014 em Lisboa, e no Museu Vostell Malpartida, no ano de 2015 em Espanha.

Todas as obras apresentadas assentam num questionamento da própria artista sobre si mesma e no sentido da vida, exibindo uma multiplicidade de evocações de memórias pessoais e fragmentos das suas vivências.

Por sua vez, a exposição “Viagem à Índia e outros lugares” está em exibição no Centro de Fotografia Georges Dussaud,  desde o dia 12 de Junho até 28 de Março de 2021. Esta colecção de 52 obras resulta de uma viagem feita pela Índia e de um conjunto de fotografias tiradas entre 1991 e 1995 na Irlanda.