Publicidade

Farmácia Gomes: 81 anos de saúde

Quem passa pela Rua Rodrigo da Fonseca, em Lisboa, não consegue ficar indiferente ao número 101-A. É esta a morada da octogenária Farmácia Gomes. O estabelecimento comercial, onde é possível adquirir fármacos e artigos farmacêuticos, é um dos mais antigos da zona do Marquês...

Casa Achilles: o ofício da fundição

O seu variado stock de moldes e o domínio de diversas técnicas de acabamento do metal tornam a Casa Achilles num estabelecimento muito procurado por antiquários e restauradores de móveis antigos, tanto portugueses como estrangeiros. O atual proprietário é António Lucas, um antigo cliente que...

Ourivesaria da Moda: a arte da filigrana

A centenária Ourivesaria da Moda apresenta o que de melhor se faz na arte dos materiais nobres. As suas criações fazem sucesso entre as gerações de clientes que já passaram pelo número 250 da Rua da Prata. Naturais do Minho, berço da filigrana, os fundadores...

Au Petit Peintre: o mundo das artes plásticas

Um museu vivo da área da papelaria e das artes plásticas, a Au Petit Peintre abriu portas em 1909, na Rua de São Nicolau, pela mão de António Franco. Em 1928, o estabelecimento chegou a incluir uma tipografia onde se editava O Jornal da...

A Carioca: sabores do mundo

A Carioca, o número 9 da Rua da Misericórdia, começou como uma empresa familiar, mas, desde 1993, faz parte da torrefação Negrita Cafés. Entre os seus clientes mais famosos, alguns dos quais frequentam o estabelecimento há décadas, encontram-se os históricos restaurantes Gambrinus e Tavares. O...

175 anos de cultura

À época das guerras napoleónicas, chegou a Portugal uma família belga, cujo patriarca era Jean Baptiste Ferin. Dos seus 11 filhos, sete apaixonaram-se pelo mundo dos livros. Maria Teresa e Gertrudes inauguraram, no Chiado, um Gabinete de Leitura, onde era possível alugar livros, contribuindo...

A Mariazinha: café, chá e farinhas

A Casa de Café A Mariazinha abriu portas nos anos 30, batizada em homenagem à filha do fundador, Jerónimo Pinto Valente Coutinho. A sua primeira morada foi na Rua Barro Queirós, mas Alvalade tornou-se, desde 1959, a sua verdadeira casa. A venda de chás e...

Fábrica Sant’anna: sucesso dentro e fora de portas

No distante ano de 1741 nasceu, em terras de Sant’Anna à Lapa, uma olaria de barro vermelho, onde eram produzidos telhas e tijolos. O terramoto de 1755 abalou Lisboa e alterou as rotinas da olaria: o azulejo tornou-se o revestimento preferido, devido ao seu...

Mundo do Livro: amor à cultura

A vida de João Rodrigues Pires mudou depois de ler um anúncio num jornal de Lisboa a solicitar colaboradores para a livraria de Lourenço de Melo. Então com 18 anos, não hesitou em dedicar-se a aprender o ofício. Nos anos seguintes, e depois de...

Ourivesaria Araújos: tradição banhada a ouro

Estava-se em meados do século XIX e João Carlos de Araújo trabalhava na Ourivesaria Sarmento, na Baixa lisboeta. Em 1878, com a experiência de anos de ofício, lança-se à aventura e nasce, a dez portas de distância, a Ourivesaria Araújos. O espaço é especialista em...

Casa Macário: os sabores de sempre

A tradicional montra de cantaria e ferro não deixa indiferente quem passa na Rua Augusta. A Casa Macário é um dos estabelecimentos mais antigos da principal artéria da Baixa lisboeta. O espaço, batizado em honra do seu fundador, Macário Moraes Ferreira, abriu em 1913. Nos...

Casa Maciel: a iluminar Lisboa há mais de dois séculos

Na família há sete gerações, a Casa Maciel começou a laborar em 1798, através da produção de candeeiros de petróleo, azeite ou óleo de baleia. Com o início do século XIX, o estabelecimento tornou-se especialista de renome na produção de lanternas para as carruagens...

Farmácia Andrade

Em 1887, o panorama farmacêutico português mudou: pela primeira vez, uma farmácia contava com laboratórios para as esterilizações com o método Pasteur. A pioneira foi a Farmácia Andrade, em Lisboa, à época o único estabelecimento nacional onde se preparavam produtos esterilizados com este método...

Chapelaria Azevedo Rua

Pelo balcão do número 73 da Praça Dom Pedro IV já passaram várias gerações da família Azevedo Rua. O primeiro foi Manuel Aquino de Azevedo Rua, no final do século XIX. Depois de uma praga lhe ter estragado a vindima, o produtor de vinho...

A capital vista por detrás do balcão

Das retrosarias às chapelarias, passando pelos alfarrabistas e livreiros, a história de Lisboa é rica em estabelecimentos comerciais típicos, que outrora invadiam as ruas da cidade. Os tempos mudaram e, com eles, o comércio tradicional foi perdendo fulgor. Reconhecendo a importância deste património para a...
Publicidade

Ano Europeu do Património Cultural