Coimbra apresenta nova rede de caminhos da região

Coimbra apresenta nova rede de caminhos da região
Fotografia cedida por: ADXTUR-Agência para o Desenvolvimento Turístico das Aldeias do Xisto

A Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIM Região de Coimbra) apresentou uma nova rede de “Caminhos da Região de Coimbra”.

Este projecto tem como objectivo promover os recursos naturais da região através de uma rede de percursos pedestre de pequena e grande rotas, associando as caminhadas com outras actividades como o birdwatching (observação de aves) e os cogumelos.

Com mais de 700 quilómetros de rotas municipais e intermunicipais, este projeto é o resultado da requalificação de caminhos, sinalética, estruturas de observação, unidade de visitação e de apoio ao cliente.

Os “Caminhos da região de Coimbra” incluem quatro grande rotas – a Grande Rota do Alva, que conta com 106 quilómetros e percorre os concelhos de Penacova, Vila Nova de Poiares, Arganil, Tábua e Oliveira do Hospital; a Grande Rota do Bucasso com 56 quilómetros e que se desenvolve nos concelhos da Mealhada, Penacova e Mortágua; a Grande Rota do Mondego com 124 quilómetros que liga Figueira da Foz a Oliveira do Hospital, cruzando os concelhos de Montemor-o-Velho, Coimbra, Penacova e Tábua; e o Caminho Natural da Espiritualidade com 67 quilómetros que liga Coimbra a Santa Comba Dão.

No que toca aos percursos de pequena rota, estes possuem mais de 30 circuitos ao longo dos 19 municípios pertencentes à CIM Região de Coimbra e permitem que os seus visitantes conheçam um pouco do património natural e das tradições da região.