Pelos Trilhos de Portugal-Rota do Sol, Moura

Pelos Trilhos de Portugal-Rota do Sol, Moura
Fotografia cedida pelo Grupo do Facebook de Amareleja

A Rota do Sol, no concelho de Moura, possui aproximadamente 11 quilómetros de extensão e percorre a freguesia de Amareleja, permitindo que os pedestres conheçam alguns dos pontos mais emblemáticos da região.

A creche “Bem-me-quer”, na entrada da vila, apresenta-se como ponto de partida e chegada deste trajecto. O caminho começa em direcção ao Poço do Tapado e ao Poço do Chorão, que outrora eram posto de abastecimento de água para a população.

Continuando o percurso encontra a Torre do Relógio, a Sociedade Filarmónica União Musical Amarelejense, a Casa das Artes e a Igrejinha de Santo António. Daqui segue até à Igreja Matriz da Vila, construída em honra a Nossa Senhora da Conceição.

Chegando à Central Fotovoltaica, os pedestres são guiados por caminhos rurais até chegar ao Oiteiro do Pineque, ponto mais alto da vila. Aqui pode ser contemplada uma vista panorâmica sobre a região.

O caminho continua por trilhos rurais até chegar ao ponto de partida.

Ao longo de todo o percurso predominam árvores como o pinheiro-manso, o eucalipto, a azinheira, a esteva, várias ervas aromáticas e outras espécies arbustivas. Estas servem de abrigo para animais como a raposa, o saca-rabos, a gineta, o gato-bravo, o javali, a lebre, o coelho-bravo, a perdiz vermelha, a codorniz, o pombo bravo, o falcão peregrino, a cegonha branca, a cegonha preta, o grifo, o abutre e o grou.