Pelos Trilhos de Portugal-Trilho dos Abraços, Covilhã

Pelos Trilhos de Portugal-Trilho dos Abraços, Covilhã

É no concelho da Covilhã que o Trilho dos Abraços, um percurso de pequena rota que une as vilas de Ferro e Boidobra, dá a conhecer aos seus visitantes um pouco do património cultural e natural que a região tem para oferecer.

Com uma distância de 18 quilómetros, este trilho percorre caminhos rurais e de montanha, acompanhando as margens do rio Zêzere.

O itinerário começa junto do Parque de Merendas da Boidobra em direção à Ponte Pedrinha, onde se atravessa o Rio em direção ao Ferro. No regresso para a Boidobra, os visitantes passam pela quelha dos abraços que dá nome a este trilho. Aqui, encontramos uma rua estreita que obrigava ao contacto físico dos que ali se cruzavam.

O percurso é rodeado tanto pelas quintas, onde predominam os pastos e as hortas que constituem ainda hoje uma atividade que ocupa grande parte da população ativa destas freguesias, como por um grande leque de árvores como o carvalho, pinheiro bravo, sobreiros e freixo nas terras menos férteis.

Para além disso, esta zona apresenta uma grande diversidade de espécies de animais, como o coelho, a lebre, a raposa, a perdiz, a codorniz, a águia calçada, o milhafre preto, entre outros.

Entrando nas vilas, em Boidobra, podemos encontrar alguns pontos de interesse como a Capela de Nossa Senhora da Estrela e a Igreja Matriz construída durante o século XVI. Por sua vez, em Ferro podemos encontrar a Capela do Espírito Santo construída no século XVI e a Capela oitocentista do Sagrado Coração de Maria.