Estamos à procura de Memórias

Publicidade

“Cartas de amor, quem as não tem”, a célebre frase da música de Tony de Matos imortalizou-se na nossa tradição oral e é agora um dos motes para a nova exposição que a Câmara Municipal de Castro Marim pretende desenvolver.

“100 Memórias”, um projecto que pretende reunir não apenas cartas de amor, mas fotografias, postais, cartas secretas, documentos, livros ou outras recordações que enriqueçam a história de Castro Marim, mas sobretudo os nossos corações e que permitam deixar este legado às gerações futuras, na construção de um novo olhar sobre a identidade cultural e social castromarinense.

As entregas poderão ser feitas até ao dia 15 de Dezembro através do e-mail 100memorias@cm-castromarim.pt, presencialmente no Gabinete de Apoio ao Munícipe, em Castro Marim, ou por mensagem privada através do facebook do Município. O repto é lançado a toda a população e também às entidades e colectividades que, por força das suas missões, já tenham algumas destas heranças. É certo de que se poderão tratar de recordações muito pessoais e/ou familiares e, por essa razão, em vez da doação, os titulares poderão apenas declarar a cedência (ou apenas cópia) dos materiais no âmbito do projecto “100 Memórias”, ou para outros efeitos de promoção e divulgação do património recolhido.

Esta recolha, que será depois criteriosamente seleccionada por uma comissão constituída e habilitada para este efeito, dará lugar a uma exposição e registo em acervo municipal, onde estará documentada a legítima proveniência dos materiais e dos seus proprietários.