Uma história de amor proibido inspira festa “A Lenda da Marofa”

Era uma vez... um cavaleiro cristão que se apaixonou pela filha de um rico judeu, chamada Ofa, mas cujo amor era absolutamente proibido. Este é o mito que deu origem ao nome da Serra da Marofa

Publicidade

Era uma vez… um cavaleiro cristão que se apaixonou pela filha de um rico judeu, chamada Ofa, mas cujo amor era absolutamente proibido. A rapariga, perdidamente apaixonada, viu-se obrigada a refugiar-se em Castelo Rodrigo, uma bonita terra da Beira Alta.

Este é o mito que deu origem ao nome da Serra da Marofa. Daqui segue o mote para “A Lenda da Marofa”, a festa que acontece na Aldeia Histórica de Castelo Rodrigo, de 31 de Agosto a 1 de Setembro.

“A Lenda da Marofa” constitui o sétimo evento do ciclo “12 em rede Aldeias em Festa” que, durante todo o ano, leva animação e cultura às 12 Aldeias Históricas de Portugal.

Assim, a aldeia de Castelo Rodrigo (localizada no distrito da Guarda) promove um programa repleto de teatro, música, visitas guiadas, gastronomia e fotografia. No dia 31 de Agosto há inclusive uma tour fotográfica onde cada participante pode expor as fotografias tiradas. Não faltam sequer as oficinas e workshops, assim como a animação de rua que deambula pela aldeia.

Doze recantos com muitas estórias

Como ponto de partida da iniciativa “12 em Rede | Aldeias em Festa” está sempre algo que pertence à memória colectiva de cada aldeia – tanto pode ser uma personagem, uma lenda ou um conto tradicional, como um acontecimento histórico ou um elemento patrimonial. Até Dezembro, o ciclo passa por Castelo Mendo (Setembro), Trancoso (Outubro), Idanha-a-Velha (Novembro), Monsanto (também em Novembro) e Belmonte (Dezembro).

A organização dispõe de um pacote de alojamento a preço promocional para quem quiser aproveitar para conhecer todas as Aldeias Históricas de Portugal. Mais detalhes no site oficial.