Municípios de Moimenta da Beira, Sernancelhe e Vila Nova de Paiva mostram produtos das “Terras do Demo” em Lisboa

Publicidade

Os Municípios de Moimenta da Beira, Sernancelhe e Vila Nova de Paiva, representantes das “Terras do Demo”, assim batizadas por Aquilino Ribeiro há 100 anos, vão protagonizar uma mostra conjunta de produtos destas terras no Mercado de Alvalade, em Lisboa, no próximo sábado, dia 18 de Maio.

A iniciativa, integrada na programação Alvalade Capital da Leitura (programa detalhado em anexo), dinamizada pela Junta de Freguesia de Alvalade em parceria com várias instituições culturais da cidade de Lisboa, insere-se também nas comemorações nacionais do Centenário da edição da obra literária “Terras do Demo”, editada por Aquilino Ribeiro em 1919.

A mostra de produtos no Mercado de Alvalade permitirá aos concelhos guardiões do legado aquiliniano dar a conhecer ao público lisboeta a variedade, qualidade e excecionalidade de produtos como fumeiro, espumantes e vinhos, castanha, azeite, maçã, mel, compotas e licores e a especificidade do artesanato e da cultura das “Terras do Demo”.

No enquadramento das comemorações dos 100 anos das terras de Aquilino Ribeiro – cujo primeiro momento evocativo aconteceu no dia 11 de maio, em Soutosa, com a apresentação da reedição da obra, e que terão o seu término com uma exposição bibliográfica na Universidade de Aveiro, no dia 14 de Junho – o momento promocional no Mercado de Alvalade é uma extraordinária oportunidade para os concelhos de Moimenta da Beira, Sernancelhe e Vila Nova de Paiva darem a conhecer as suas empresas, os artesãos e o dinamismo da economia local e afirmarem a marca “Terras do Demo” como símbolo das origens, do Portugal autêntico e onde a qualidade dos produtos é garantida pela ligação à terra e à natureza.