São Pedro do Sul acolhe exposição fotográfica sobre Rainha D. Amélia

Publicidade

A exposição “Tirée par… A Rainha D. Amélia e a Fotografia” que retrata a relação da monarca com a fotografia, vai estar em exibição no Balneário Rainha Dona Amélia, em São Pedro do Sul.

O espólio fotográfico compreende os períodos mais marcantes da vida da última Rainha de Portugal. Tem início na infância e juventude de Dona Amélia de Orleães, passada entre Inglaterra e França, e mostra também a sua estadia em Portugal, incluindo a coroação após o casamento com D. Carlos. Termina com o exilio de D. Amélia como consequência da implantação da República.

A mostra tem origem em colecções de fotografia do Museu-Biblioteca Casa de Bragança e do Palácio Nacional da Ajuda, onde a monarca celebrou o seu jantar de casamento. Anteriormente, já esteve exposta no Paço Ducal de Vila Viçosa e no Palácio Nacional da Ajuda.

Amélia de Orleães e Bragança foi a última rainha de Portugal, esteve exilada com o filho D. Manuel II, primeiro em Londres e depois nos arredores de Paris, em Les Chesnay, onde morreu aos 86 anos, em 1953. Visitou em 1945, a convite do Governo português, o Panteão dos Bragança, onde se encontram sepultados o marido e o filho, D. Luís Filipe, assassinados em Fevereiro de 1908.

“Tirée par… A Rainha D. Amélia e a Fotografia” pode ser visitada entre os dias 19 de Julho e 25 de Setembro, de segunda a sexta feira das 16 às 19 horas.