Até 31 de Agosto há “Imaginários da Montanha” em Vila Soeiro

Publicidade

Arte, Natureza e Património Histórico numa abordagem partilhada e que quer valorizar a cultura de Vila Soeiro, aldeia do concelho da Guarda, outrora apelidada de “cabo do mundo”, agora invadida por “Imaginários da Montanha”.

A iniciativa é do Município da Guarda através do seu Museu e procura, mediante exposições, residências artísticas, instalações de rua, recitais de poesia, apresentações de livros e encontros culturais, contribuir para a promoção e valorização daquele agregado urbanístico histórico através de uma aliança entre a criação poético-artística e a biodiversidade desta aldeia ribeirinha do Mondego. Vila Soeiro destaca-se pela sobriedade e pitoresco do seu casario – um núcleo rústico de montanha que se mantém praticamente inalterado desde o século XVI.

A partir de amanhã, dia 31 de Julho, e até 31 de Agosto Vila Soeiro vai fervilhar de iniciativas. A sessão de abertura destes “Imaginários da Montanha” está marcada para as 19h00 e culmina, às 21h00, com um concerto de Música de Câmara intitulado “A Montanha Serenada”, interpretado por Alé & Olé Duo, projecto artístico da violinista Olena Sokolovska e do guitarrista e compositor, Pedro Ospina. Serão interpretadas obras de Bach, Vivaldi, Seixas, Ospina, entre muitos outros.