Teatro e Dança para lançar campanha sobre vítimas de violência doméstica a partir de Cascais

Publicidade

Mais expressiva estatisticamente sobre as mulheres, a violência doméstica não escolhe género. Por isso mesmo, depois de uma campanha voltada sobre a vivência feminina deste flagelo, o Fórum Municipal de Cascais contra a Violência Doméstica lança, dia 8 de novembro, no CascaiShopping, junto à área da restauração no Piso 0 a campanha “Os homens podem ser vítimas de violência doméstica”.

Com a ajuda do teatro e da dança, através de atuações criadas pelo encenador Manuel Jerónimo, dá-se a conhecer a campanha que visa promover uma maior consciencialização da comunidade em geral para este crime público que afeta não só as mulheres, mas também os homens muitas vezes vítimas de violência conjugal.

Ao mesmo tempo passa-se uma mensagem, muitas vezes bloqueada por estigmas e tradições, de que todas vítimas devem procurar serviços de apoio especializado e combate-se a eventual desvalorização social deste fenómeno quando ocorre sobre o sexo masculino. Ao mesmo tempo vão ser partilhados os contactos dos Serviços Locais de Apoio.

Investimento essencial numa das áreas prioritárias de actuação do Fórum Municipal de Cascais contra a Violência Doméstica – informar, sensibilizar e educar para a não-violência – esta campanha, bem como a Campanha Violência Doméstica dirigida às mulheres divulgada no final de 2017, integra uma estratégia para sensibilizar as vítimas para a tomada de consciência da sua situação, sensibilizar a comunidade para a denúncia da mesma e informar a existência de recursos de apoio.