Vladislav Delay Quintet em residência artística de Lisboa

Publicidade

O TBA convidou Vladislav Delay para uma residência artística em Lisboa. O resultado deste novo quinteto vai ser ouvido em primeira mão no dia 20 Fevereiro no palco do TBA. No dia seguinte, Vladislav Delay Quintet apresentam-se no gnration, em Braga.

Vladislav Delay é o pseudónimo mais frequente de Sasu Ripatti, músico e produtor finlandês que tem explorado as intersecções entre a electrónica, o techno, o house, o ambient e o glitch através de vários projectos a solo. Como baterista e percussionista, fez parte do Moritz von Oswald Trio, juntamente com Max Loderbauer, e fundou o ensemble de improvisação eletroacústico Vladislav Delay Quartet com Lucio Capece, Derek Shirley e Mika Vainio. O desaparecimento de Vainio, membro fundador dos Pan Sonic, marcou um ponto sem retorno neste projecto tal como foi dado a conhecer em concertos e no único disco editado (Honest Jon’s Records, 2011). Porém, a vontade de reunir os restantes membros do quarteto noutra constelação abriu caminho para a formação do Vladislav Delay Quintet. A Ripatti (percussão e eletrónica), Capece (saxofone) e Shirley (contrabaixo) juntam-se Loderbauer (sintetizador Buchla) e Maria Bertel (trombone). Em vez de consolidarem a abordagem industrial do quarteto, também marcada por cruzamentos entre jazz, techno e dub, propõem-se combinar as faces melódicas do jazz com bases electrónicas abstractas, ainda que com alguma forma de groove. A partir de um convite do TBA, os cinco músicos vão desenvolver numa residência o material que apresentarão como estreia do Vladislav Delay Quintet.