Navio Escola Sagres leva produtos portugueses para o Brasil

Os produtos, com o selo "Portugal Sou Eu", vão abastecer a tripulação daquela que vai ser a Casa de Portugal durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro

O programa "Portugal Sou Eu" foi lançado pelo Governo português em 2012
Publicidade

Mais de três toneladas de alimentos portugueses partem hoje para o Brasil a bordo do Navio Escola Sagres. Os produtos, com o selo “Portugal Sou Eu”, vão abastecer a tripulação daquela que vai ser a Casa de Portugal durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. A iniciativa resulta de uma parceria entre o programa e o Comité Olímpico de Portugal (COP) e envolve dez empresas aderentes dos setores da fileira Alimentar e Bebidas.

Desde as 10:00 horas que o porão do Navio Escola Sagres, atracado na Base Naval de Lisboa, no Alfeite, está a ser abastecido com 60 quilos de batata frita, 350 quilos de carapau congelado, 1200 quilos de frango, 80 quilos de sobremesas congeladas, 45 quilos de bolachas, 35 quilos de bacon e chouriço, 800 quilos de arroz, vários litros de molhos diversos, 600 litros de azeite e 200 litros de óleo alimentar. A embarcação parte esta terça-feira do Terminal de Cruzeiros da Rocha Conde d’Óbidos, em Lisboa, para o Rio de Janeiro.

Para além desta ação em particular, a parceria entre o “Portugal Sou Eu” e o COP vai possibilitar o desenvolvimento de muitas outras iniciativas, com o objetivo de aumentar a notoriedade do programa e das empresas aderentes. “O prestígio do Comité Olímpico de Portugal e dos atletas olímpicos irá levar os produtos com o Selo do programa além-fronteiras e a milhões de consumidores”, sublinha a assessoria de imprensa do “Portugal Sou Eu”.

O programa foi lançado em dezembro de 2012 pelo Governo português com o intuito de melhorar a competitividade das empresas nacionais, promover o equilíbrio da balança comercial, combater o desemprego e “contribuir para o crescimento sustentado da economia”.

No portal www.portugalsoueu.pt estão registadas mais de 1.400 empresas nacionais, cujos produtos ou serviços estão em processo de qualificação. Já qualificados com o selo “Portugal Sou Eu” estão mais de 3.800 produtos que, no seu conjunto, representam um volume de negócios agregado superior a 3,1 mil milhões de euros, revela a mesma fonte. A grande maioria dos produtos tem patentes e/ou marcas registadas e 67 por cento integra o setor da Alimentação e Bebidas.

Para reforçar a divulgação, o programa lançou a APP “Portugal Sou Eu”, uma aplicação disponível no facebook, iOS, Android e Windows Phone, que permite identificar mais de 3 mil pontos de venda com produtos com o Selo do programa.

Cristina Ferreira, Fátima Lopes, Júlio Magalhães ou Júlio Isidro são alguns dos 16 Embaixadores do projeto, financiado pelo programa Compete 2020 e gerido por um Órgão Operacional, formado pela Associação Empresarial de Portugal (AEP), Associação Industrial Portuguesa-Câmara de Comércio e Indústria (AIP-CCI), Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) e IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, IP.