Literatura e gastronomia são grandes estreias no “cabaz” da Páscoa em Viseu

Salvador Sobral estreia-se na cidade com grande concerto no Rossio.

Publicidade

De 5 a 21 de Abril, Viseu assinala a época pascal com uma agenda intensa e diversificada de realizações e propostas para viseenses, visitantes e turistas.

Um Mercado do Livro no coração da cidade, um evento inteiramente dedicado à doçaria típica da região, grandes concertos com Salvador Sobral e a Orquestra Filarmonia das Beiras e as habituais celebrações religiosas – que se estendem também às freguesias -, são os grandes destaques da quadra, na cidade-jardim.

Em 2019, há grandes estreias a registar. Desde já, numa iniciativa inédita do Município de Viseu com a Book Company, a cidade-jardim acolhe, no Mercado 2 de Maio, o 1º Mercado do Livro de Viseu, entre os dias 12 e 20 de Abril.

Ao longo de dez dias, em plena praça histórica, instalam-se mais de 145 editoras, promovendo uma enorme montra literária de mais de 2250 títulos, dos mais variados géneros da literatura lusófona e estrangeira, da poesia à ficção, da banda desenhada às publicações infantojuvenis.

Globalmente, serão mais de 7500 exemplares à venda neste Mercado, alguns dos quais com oportunidades e descontos entre os 20% e os 85% para todos os leitores.

A par do seu catálogo extenso, o 1º Mercado do Livro de Viseu beneficiará de uma programação complementar, promovida em parceira com a Editora Edições Esgotadas. Apresentações de livros, conversas e debates com autores locais terão lugar num pequeno auditório ao ar livre, momentos dos quais todos poderão participar gratuitamente.

A pensar nos pequenos, o Mercado oferece animação infantil, trazendo em forma de mascote e anfitrião uma das personagens que mais se destaca no universo da literatura infantojuvenil – Greg, da colecção “Diário de um Banana”, de Jeff Kinney.

No ano em que Viseu é “Destino Nacional de Gastronomia”, é resgatando a tradição dos doces tradicionais de Páscoa que o Município lança o seu primeiro evento gastronómico inteiramente dedicado à doçaria típica da cidade-região, intitulado “Viseu Doce”. Este é uma iniciativa do Município de Viseu, em parceria com a Associação Comercial do Distrito de Viseu e a Viseu Marca.

Outra das grandes estreias na agenda, de entrada gratuita, terá a Pousada de Viseu como palco principal no fim-de-semana de 13 e 14 de Abril. Serão 15 os expositores presentes a participar desta mostra gastronómica, acompanhados de produtores de vinhos e espumantes da Região Demarcada do Dão. Pastéis de Feijão, Castanhas de Ovos, Viriatos, Cavacas, Chocolates e compotas são apenas algumas das variedades dispostas para venda.

A combinação dos melhores néctares e sabores locais inspiram ainda conversas em redor da mesa, no átrio principal da Pousada, num ciclo denominado por “A Gastronomia e o resto”.

A primeira, sábado, pelas 15h00, reúne o crítico e jornalista de gastronomia e vinhos Fernando Melo, o historiador Alberto Correia e o padre e professor Anselmo Borges, numa moderação pelo Vereador da Cultura e Turismo, Jorge Sobrado. Terá como título “Doçaria: Espiritualidade ou Pecado?”. Já a segunda será no domingo, pela mesma hora, e é alusiva à doçaria e os néctares do Dão.

Pedro Duvalle, Francisco Cappelle e o grupo “Angelicus Musicae” serão responsáveis pela componente musical do evento.

Na cidade-jardim, a Páscoa é também ela sinónimo de grandes concertos e espectáculos para toda a família e, este ano, não é excepção.

Salvador Sobral estreia-se em Viseu, a 20 de Abril, sábado, para um concerto especial da quadra. A voz de “Amar pelos Dois”, vencedor do Festival Eurovisão da Canção em 2017, apresenta-se pela primeira vez em Viseu, numa altura em que acaba de lançar o álbum “Paris, Lisboa”. O concerto, de entrada gratuita, será no Rossio.

Já na noite do dia 21 de Abril, domingo, beneficiando da excelente acústica da Sé de Viseu, a Orquestra Filarmonia das Beiras, sob a direcção do Maestro António Vassalo Lourenço, e o Coro Voz Nua protagonizam o “Concerto de Páscoa”. Também aqui a entrada é gratuita, mas sujeita ao levantamento prévio de ingressos (em datas e locais a anunciar).

As múltiplas manifestações de fé e celebrações religiosas, das várias confissões cristãs, compõem também a programação da “Páscoa em Viseu”, não só na cidade, mas também em várias localidades das freguesias do concelho.

A já habitual recriação da Via Sacra acontece a 14 de Abril, pelas 21 horas, com início no Adro da Sé. Outras recriações das 14 estações que retratam o percurso de Jesus até à sua morte terão lugar em Vila Chã de Sá e Silgueiros (7 de Abril), em Lordosa, Repeses, Ranhados e Orgens (13 de Abril), em Mundão e Loureiro de Silgueiros (14 de Abril) e em Couto de Baixo e Abraveses (19 de Abril).

Ainda no coração do mundo rural, entoar-se-ão os seculares “Martírios” – cânticos religiosos que evocam a vida de Cristo e a sua ressurreição – e recuperar-se-ão os rituais de “Amentação das Almas”, também eles orações e cânticos religiosos próprios da quadra. Em Viseu, será no Largo Pintor Gata que decorrerá aquele que é já o 5º encontro de grupos, a 18 de Abril. Procissões, eucaristias e vigílias pascais são também contempladas no conjunto de celebrações.

A Igreja Adventista do Sétimo Dia e as Testemunhas de Jeová também apresentam e convidam às celebrações da Páscoa, quer através de reuniões de oração – no caso da primeira -, como de outras comemorações alusivas à morte de Cristo. 

No culminar das manifestações religiosas – o Domingo de Páscoa -, a 21 de Abril, a Igreja Evangélica Baptista de Viseu convida ao Culto da Ressurreição, no Monte de Santa Luzia, pelas 7h00; segue-se, pelas 11h00, na sua Igreja (Rua da Paz) o Concerto de Música e Mensagem Pascal. Pela mesma hora, celebra-se também a Eucaristia da Ressurreição, na Sé de Viseu.

Neste dia, também a Assembleia de Deus de Viseu – que ao longo da Páscoa dinamiza também um concerto de música sacra – se associa à programação com a sua Festa da Páscoa, da Escola Bíblica Dominical, pelas 16h00.

Numa altura em que os mais pequenos realizam uma pausa das actividades lectivas, os Museus Municipais e a Biblioteca D. Miguel da Silva são espaços onde as actividades plásticas, criativas, artísticas e de leitura não vão faltar. O público adulto também encontrará propostas temáticas para cultivar conhecimentos, das visitas guiadas a roteiros, das conferências às exposições.

Neste mês de Abril, somam-se outras ofertas culturais. Fruto do programa VISEU CULTURA, realiza-se uma nova edição do Festival Internacional de Música da Primavera, de 5 a 27 de Abril; e uma nova sessão do Shorcutz, na Incubadora do Centro Histórico, a 19 de Abril.

Já esta semana, quinta-feira, dia 4 de Abril, terá lugar uma segunda apresentação do espectáculo “Apaga a luz para eu te ouvir”, do Grupo OFF-AFTA, que estreou em Viseu no Dia Mundial do Teatro. Uma vez esgotados os bilhetes na estreia, o Município repõe agora, neste dia, o espectáculo sensorial inspirado na obra de Fernando Pessoa, pelas 21h30, no Salão Nobre os Paços do Concelho.

Os ingressos gratuitos estarão disponíveis para levantamento a partir das 10 h00 desta quarta-feira, dia 3 de Abril, no Quiosque de Turismo do Rossio.

Toda a programação pode ser acompanhada nas redes sociais municipais (Município de Viseu e Visit Viseu), estando disponível em permanência no portal turístico www.visitviseu.pt.