FABRIC Arts Festival: Cartaz fechado para o festival que quer homenagear a herança portuguesa de Fall River

Publicidade

Foco apontado para Massachusetts Sul este Setembro com a primeira edição do FABRIC Arts Festival, o evento que levará uma vasta programação de música e artes visuais e plásticas à cidade de Fall River.

A programação, diversa e ecléctica, centra-se nos conceitos de identidade e imigração, dando particular atenção às comunidades que forjaram o carácter cultural único de Fall River. 

A ter lugar entre 25 e 28 de Setembro, o FABRIC integrará concertos, cinema, exposições e murais, apresentando uma experiência criativa que desafia a audiência a descobrir Fall Rivers através das reinterpretações de um grupo de artistas que trabalham, de forma regular, temas como a identidade, a pertença e o encontro.

O objectivo do FABRIC será o de criar, com estes projectos, novas marcas físicas e culturais na cidade que possam, ao longo dos tempos, inspirar a criação de uma nova narrativa sobre e na cidade e a sua história. Será olhada com particular atenção a herança e contributo da comunidade portuguesa que, há décadas, se instala na região. 

O FABRIC ocupará diversos espaços e salas na zona de Purchase St., em plena baixa de Fall River: The Narrows Arts Center, Gnome Create, o carrossel de Fall River, The Eagle Event Center, People Incorporated e a Police Athletic League (P.A.L.). O festival será precedido de um período de residências artísticas que aproximará a comunidade do processo criativo, ao mesmo tempo que criará um espaço de colaboração entre artistas locais e artistas convidados.

Organizado pela Casa dos Açores de Nova Inglaterra, com curadoria de Jesse James, Sofia Carolina Botelho e António Pedro Lopes, o FABRIC assume-se como uma plataforma de criação e mostra de arte contemporânea, através de um vasto e diverso programa de artes visuais, música e cinema.