Trienal de arquitectura de Lisboa a poética da razão até 2 Dezembro 2019

Publicidade

Um mês sobre a abertura do que é a 5ª edição da Trienal de Arquitectura de Lisboa, a Poética da Razão continua a marcar a agenda da capital com cinco exposições nucleares no CCB, Maat – Central Tejo, Culturgest, MNAC e Palácio Sinel de Cordes que já receberam 40.000 visitas.

Como nem só de exposições se faz a Trienal, um dos locais incontornáveis de várias actividades e propostas é o Palácio Sinel de Cordes onde continua Beleza Natural.

A exposição, com curadoria de Laurent Esmilaire e Tristan Chadney, explora a forma como a natureza racional da construção pode incorporar uma forma de beleza natural, com uma coerência interna do artefacto arquitectónico. Compreende duas secções principais: uma série de fotografias assinadas pelos fotógrafos de arquitectura Tatiana Macedo, Julien Lanoo, Filip Dujardin ou Hisao Suzuki, um modelo suspenso baseado nos desenhos de Gaudí para o cálculo das abóbadas e estruturas da Sagrada Família e igreja Güell Colon ou o trabalho fotográfico de Karl Blossfeldt da década de 20 do séc. XX, apresentado na forma de um candelabro que ilustra estes conceitos, para entender as regras subjacentes à construção da forma, nas raízes de sua harmonia e coerência. E um conjunto de doze projectos de estudantes seleccionados a partir de uma competição internacional para um centro comunitário em Marvila (Prémio Universidades Trienal de Lisboa Millennium bcp), com trabalhos que proporcionam leituras distintas e complementares. A não perder ainda, Xabregas City, a visão única da Lisboa Oriental pelas mais de 1000 fotografias de João Paulo Feliciano. 

Se no átrio e na nave central pode ser visitada a exposição “Beleza Natural”, na sala de acesso ao pátio interior, encontra-se a livraria Pop Up T2019 que, até 2 de Dezembro, apresenta uma cuidada selecção de livros que se interligam com as perspectivas curatoriais lançadas, assim como as publicações feitas em especial  para a Trienal 2019. Editada em inglês, esta colecção é composta por textos que contemplam e complementam as temáticas abordadas pelas exposições centrais. Cada volume pode ser adquirido por 15€ na livraria Pop Up que permanece na sede da Trienal de Terça a Domingo, das 12h00 às 19h00.