“Santos Rocha e o Território de Montemor-o-Velho” na BMAD

Publicidade

A arqueologia vai estar em destaque em Montemor-o-Velho. “Santos Rocha e o Território de Montemor-o-Velho” é o ponto de partida para uma jornada que, no próximo dia 16 de Fevereiro, sábado, vai recordar os estudos e os achados que o reconhecido arqueólogo fez por terras do Baixo Mondego.

De entrada livre, esta actividade decorre a partir das 15 horas na Biblioteca Municipal Afonso Duarte (BMAD) e conta com a inauguração de uma exposição de materiais arqueológicos e com as comunicações de Ana Margarida Ferreira e Flávio Imperial.

Ana Margarida Ferreira, do Museu Municipal dr. Santos Rocha, da Figueira da Foz, vai falar das investigações arqueológicas de “Santos Rocha e o Baixo Mondego: notas biográficas”. Flávio Imperial, arqueólogo do Município de Montemor-o-Velho, vai apresentar a comunicação “Nossa Senhora do Desterro: Uma vila romana do Século I no Baixo Mondego”

Os materiais arqueológicos provenientes de locais do concelho de Montemor-o-Velho visitados e estudados por Santos Rocha, com especial enfoque na Senhora do Desterro, vão estar expostos na BMAD até 14 de Março e vão dar o mote para uma descoberta mais aprofundada sobre o arqueólogo figueirense. Alguns destes materiais vão poder ser vistos pela primeira vez, uma vez que são o resultado de escavações arqueológicas realizadas pelo Município Montemorense no Desterro em 2014. Vão estar ainda expostos materiais arqueológicos do acervo do Museu Santos Rocha que foram gentilmente cedidos para integrarem esta mostra.