Salvador Sobral, Burmester & Laginha, Mayra e muita magia na rentrée do Convento São Francisco

Publicidade

No típico mês da rentrée, o Convento São Francisco apresenta uma programação diversificada e para todos os públicos. Mayra Andrade, Pedro Burmester & Mário Laginha e Salvador Sobral são os concertos em destaque, numa programação que se iniciou com o “Cem Portas – O Convento aberto à cidade”, que decorre até domingo. Já em Setembro, a cantora cabo verdiana sobe ao palco do grande auditório na noite do dia 13, pelas 21h30, enquanto a dupla Burmester & Laginha tem concerto marcado para as 18h00 de dia 15 de Setembro no mesmo espaço.

Já o concerto de Salvador Sobral será perto do final do mês, no dia 26 de Setembro, pelas 21h30, também no grande auditório. Mas não é tudo. Concertos para bebés, música sacra e instrumental e as galas do 23º Festival Internacional de Magia de Coimbra também preenchem a programação.

A programação de Setembro do Convento São Francisco começa em grande, logo na sexta-feira, dia 6, com uma experiência inédita e única na área da música coral sinfónica, no âmbito do Ciclo de Requiem de Coimbra.

Um concerto protagonizado pelo Coro Sinfónico Inês de Castro, o Coro da Universidade de Rzeszów (Polónia) e a Orquestra Inês de Castro, que em conjunto irão interpretar uma obra ímpar, o Requiem de Verdi, pelas 21h30, no grande auditório.

No domingo seguinte, pelas 15h30, também no palco do grande auditório, o concerto é para bebés e o jazz é o género escolhido. O músico convidado é Mário Laginha, que tem como missão inventar, ali, à frente de todos, pais e filhos, fugas com baladas, fados com swing e muito mais, para além da proeza de experimentar um piano a quatro, seis ou oito mãos, com os pequenos candidatos. Um concerto único, para um público muito especial.

Tainá, uma recente estreia na música brasileira, é a proposta para quinta-feira, dia 12, pelas 21h30, no âmbito do Ciclo de desConcertos. De descendência indígena e com um estilo muito próprio, Tainá oferece ao público a sua música, que vai desde a composição à escrita, ao desenho, tudo sentido por uma só pessoa.

Com uma doçura que perturba, Tainá não foge das realidades, nem finta a solidão, as contradições, os anseios, os impulsos, os desejos, que são comuns a toda a gente, mas que nem todos sabem expressar desta forma.

Na sexta-feira, 13, é então a vez de Mayra Andrade subir ao palco para apresentar o seu novo trabalho, “Manga”, enquanto no domingo, 15, Mário Laginha regressa ao grande auditório, acompanhado de Pedro Burmester, para um concerto imperdível. Outro concerto bastante aguardado é o de Salvador Sobral, que está agendado para quinta-feira, dia 26, pelas 21h30, também no grande auditório.

Já na sexta e no sábado, 20 e 21 de Setembro, o 23º Festival Internacional de Magia de Coimbra vai encher o Convento com um dos momentos mais esperados dos Encontros Mágicos de Coimbra, as galas internacionais, que estão agendadas para as 21h30.

A programação do mês encerra com um concerto de música sacra do século XX e XXI protagonizado pelo Manuel Faria Ensemble, no dia 29, pelas 18h00, na antiga igreja. O ensemble vai apresentar um repertório sacro, contemporâneo e exclusivo de compositores de Coimbra, praticamente desconhecido do grande público.

Recorde-se ainda que até domingo decorre mais uma edição do “Cem Portas – O Convento aberto à cidade”, um programa cultural que apresenta inúmeras propostas, que vão da música às artes performativas e visuais, terminando também nessa data a programação “Dar a Ouvir – paisagens sonoras da cidade”, sendo que todas são de entrada livre.

Para informações adicionais e reservas pode contactar a bilheteira do Convento São Francisco, diariamente entre as 15h00 e as 20h00, através do telefone 239 857 191 ou do e-mail: bilheteira@coimbraconvento.pt.