Selma Fuster com exposição de pintura patente na Biblioteca Municipal do Cadaval

Publicidade

Está patente, até dia 31 do corrente mês, na Biblioteca Municipal do Cadaval, a Exposição de Pintura “Estudos sobre retratos célebres”, da autoria de Selma Saraiva Fuster, filha do reconhecido médico Mário Saraiva que residiu no Vilar e trabalhou no Concelho. A mostra abriu ao público aquando das comemorações do Feriado Municipal. Visite!

Integram a exposição cerca de 30 telas onde constam retratos célebres, mas também paisagens e “natureza morta”. A título de curiosidade, um dos trabalhos reflecte uma pintura executada numa parceria da autora e respectivo pai.

A mostra ficará gratuitamente patente ao público até dia 31 de Janeiro, no horário da biblioteca, de segunda a sexta-feira, das 09h30 às 18h30, e ao sábado, das 10h30 às 17h00.

Selma Fuster: uma vida ligada à cultura

O gosto de Selma Saraiva Fuster pela pintura vem do tempo de escola. «O meu pai sempre desenhou bem e ensinou-me os primeiros passos, no Vilar», relata a própria.

Embora tendo frequentado a licenciatura em Farmácia, a sua veia artística conduzi-la-ia a mudar de rota, vindo a completar o conservatório de música, designadamente em Piano. Cursou ainda tradução e também técnicas documentais. Mas foi em paralelo com o ensino secundário que frequentou alguns cursos de pintura.

Trabalhou na captação de jovens para concertos sinfónicos e foi agente artística do pianista António Toscano e da cantora de ópera Elvira Ferreira. «Conheci muitas personalidades da cultura, que também tiveram uma certa influência na minha formação», salienta Selma.

Já em idade adulta, voltaria a cursar Pintura, no sentido de se aperfeiçoar nesta sua forma de arte. «Trabalhei na RDP, viajei muito e tive uma vida muito ocupada, e portanto estive muito tempo sem pintar. Fazia só umas coisas a lápis», conta.