Prestes a acontecer – uma conversa sobre o dramaturgo torrejano na BMGPL

Publicidade

No próximo dia 20 de Fevereiro, pelas 18h00, com vista à divulgação de algumas conclusões dos estudos académicos sobre António Prestes, dramaturgo torrejano do século XVI, o actor/encenador Eduardo Dias estará na Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes para partilhar novidades da sua investigação com o público. Estarão presentes José Camões, professor do programa de pós-graduação em Estudos de Teatro (mestrado e doutoramento) da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, que moderará a conversa, os elementos do Clube de Leitura e os actores dos grupos de Teatro Juvenil e Teatro Maior de Idade, do Teatro Virgínia.

A sessão será aberta ao público em geral.

Eduardo Dias é natural de Avanca, Aveiro. Formou-se e iniciou o seu percurso teatral com Victor Valente em 1999 na Companhia do Jogo. Fez uma licenciatura em Psicologia onde aprofundou os estudos em Arte-Terapia. Colaborou como actor e encenador em diversas estruturas, nas suas diferentes linguagens e conceitos. Actualmente dá formação em Teatro, trabalha como actor e dirige projectos de carácter comunitário a par de um mestrado em Estudos de Teatro na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

José Camões é professor do programa de pós-graduação em Estudos de Teatro (Mestrado e Doutoramento) da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e investigador do Centro de Estudos de Teatro, onde desenvolve trabalho sobre a História do Teatro em Portugal, estudos comparatistas do teatro ibérico do século de ouro e edição de teatro clássico português, produzindo ferramentas que preparam investigação nas «humanidades digitais». Publicou o teatro completo de autores portugueses dos séculos XVI e XVII. As suas áreas de investigação abrangem a História do Teatro, a Crítica Textual e as Humanidades Digitais.