Uma casa que segue o Sol

Publicidade

Projeto português é apresentado em setembro, na cidade de Madrid.
Casas que se movem como se fossem girassóis. É esta a ideia que um português vai levar a Madrid, à “Solar Decathlon”, a maior feira do mundo de arquitetura sustentável.

A ideia é de Manuel Lopes, aluno de mestrado na Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto, e garante um ganho de 20% na produção de energia. Tudo graças a painéis fotovoltaicos que revestem as casas e que vão girando, de forma a captar mais energia.

O objectivo, segundo Manuel Lopes, é alcançar um ganho térmico, de maneira a conseguir mais sombra durante o verão e que o sol incida mais na fachada durante o inverno.

Manuel Lopes vai liderar a única equipa nacional na “Solar Decathlon” e conta com um apoio de peso: Souto de Moura, prémio Pritzker em 2011. A feira decorre em setembro.