EXPOSIÇÃO DE HÈLÈNE BERNARD E JOÃO CADILHE NO DIANA-BAR

Publicidade
Até 10 de Dezembro, vai estar patente na Biblioteca Diana-Bar uma Exposição de aguarelas e óleos de Hèlène Bernard e João Cadilhe.

A inauguração da mostra aconteceu ontem à tarde.

Hélène Bernard nasceu em Semur en Auxois, no coração da Borgonha, reino donde saiu o pai do primeiro rei de Portugal.

Após formação na “Academie des Beaux-Arts” de Dijon, em desenho e pintura, foi aluna do Mestre André Claudot com o qual aperfeiçoou a sua técnica a óleo.

Participou em vários eventos entre os quais o “Salon de l’Essor” na Borgonha, o “Salon des peintres de la Celle st Cloud” na região oeste de Paris tão apreciada pelos impressionistas que ali se refugiaram durante a “Commune”. Em Portugal realizou várias exposições, entre as quais: Exposição colectiva na Póvoa de Varzim no Diana-Bar; Exposição individual no hotel Ipanema Park no Porto e Exposição Colectiva na Universidade católica do Porto.

Artista pintora francesa, Hélène Bernard é antes de mais uma colorista que, fiel ao seu nome em grego (cujo significado é Raio de Sol), gosta de cor, luz e transparência.

João Cadilhe nasceu na Póvoa de Varzim em 1939. Adotou a França como segunda pátria. Autodidata, frequentador dos meios parisienses da arte, pôde desenvolver as técnicas de base tendo sobretudo trabalhado em desenho e aguarela com inclinação pronunciada para a ilustração. Participou em vários eventos entre os quais: Galerie Vaugirard em Paris; Salon des peintres de la Celle st Cloud; Café des Arts em Versailles e 1º Fórum de pintura da Póvoa de Varzim.

Além da pintura tem ilustrado publicações diversas, livros de poesia e artigos de jornais.