Andrew Henriques. Federação Portuguesa de Ciclismo
Publicidade

Andrew Henriques (BTT Loulé/Elevis) e Liliana Jesus (BTT Seia) venceram este domingo a Taça de Portugal de Maratona BTT (XCM), após a última prova pontuável em elite, a Maratona Serra da Estrela, disputada em Manteigas.

O segundo lugar na corrida masculina, de 88,4 quilómetros, foi suficiente para o novo campeão, que terminou a oito segundos de Renato Ferreira (Vasconha BTT Vouzela). Em terceiro lugar ficou Davide Machado (BTT Seia), a 3m48s do vencedor da etapa.

Ângela Gonçalves (BTT Seia) ganhou a prova feminina, de 64,3 quilómetros, seguida por Raquel Santos, a 2m58s, e Liliana Jesus, a 2m59s, cuja terceira posição lhe valeu o triunfo na geral.

Liliana Jesus. Fotografia: Federação Portuguesa de Ciclismo

Em masters 30, o individual José Pacheco venceu em Manteigas e conquistou a Taça de Portugal. Nádia Mendes (Transfor/FátimaBTT) também se sagrou campeã, apesar do terceiro lugar na corrida, ganha por Melissa Maia.

Tiago Lopes (Vasconha BTT Vouzela) foi o melhor em master 35, mas a vitória na geral sorriu a Carlos Ramos (ACCM BTTeam). Filipe Salvado (BTT Loulé/Elevis) triunfou em master 40, não evitando, contudo, o triunfo de Pedro Dias (SPAC BTT) na geral. Na master 40 feminina, Filomena Paulo (Róódinhas/Santos Silva) selou a conquista da Taça de Portugal com o primeiro lugar na prova deste domingo.

O master 45 António Marques (Transfor/FátimaBTT), o master 50 José Rosa (Ser e Parecer Pro Bike Team) e o master 55 Abílio Moreira (Clube BTT de Águeda/Fundiven) também juntaram a vitória na prova à geral. Benjamim Silva venceu a corrida de master 60, mas a taça foi para Manuel Pinto (Saertex Portugal/Edaetech).

Tiago Craveiro sagrou-se vencedor da Taça de Portugal para atletas com deficiência auditiva. Na geral colectiva, o BTT Seia impôs-se em elite, enquanto o Transfor/FátimaBTT foi a melhor equipa master.