Festival de cerveja artesanal este fim-de-semana na Oliva Creative Factory

Desta sexta-feira até domingo, evento inclui animação e criatividade, música e gastronomia

Publicidade

Este fim-de-semana está de regresso a S. João da Madeira o Oliva Beer Mind, festival internacional de cerveja artesanal que tem, este ano, a sua terceira edição e que colocou a região no epicentro da cultura produtiva deste novel sector nacional.

O evento abre ao público nesta sexta-feira, 29 de Março, pelas 18h00, nas instalações da Oliva Creative Factory, onde prossegue no sábado (das 13h00 às 02h00) e no domingo (das 12h00 às 20h00). Na senda das duas eduções anteriores, são aguardados milhares de visitantes, numa atmosfera de animação e criatividade, música e gastronomia.

Este ano o destaque da programação oficial está baseado na oportunidade e na apresentação de novos projectos nacionais bem como de um balanço à curta história deste movimento empreendedor.

Nas escolhas cervejeiras, haverá mais de 120 estilos diferentes, clássicos e actuais, irreverentes e experimentais, como as Portuguese Grape Ale, cervejas com base em uvas de castas nacionais.

Estarão presentes 15 cervejeiras nacionais, com referência para produtores recentes, e 5 internacionais já consagrados, de Espanha, Bélgica, Itália e Inglaterra.

Na parte da animação musical, destaques para as bandas Berry White Gone Wrong e Omiri, este último um espectáculo que percorre a sonoridade e composição tradicional, dando-lhe um conceito moderno electrónico e com recurso multimédia. Somam-se consagrados, como Rui Tenreiro ou Ruitrintaeum, ou apostas de novos talentos como Tiago Gomez, Carlos Fontoura, Francisco Coelho, Shrumate ou Mok Groove.

Para compor 3 dias de animação e oferta festiva, a já reconhecida escolha de comida de rua adaptada aos estilos cervejeiros, e porque este evento é também uma festa de família, será disponibilizada uma zona “kids friendly” onde a pequenada se pode divertir e preencher o tempo com actividades devidamente acompanhada por monitores.

A entrada é livre no recinto e espectáculos, sendo que o consumo está sujeito à aquisição de copo oficial do evento e de fichas de consumo.