Peça «A Casa de Bernarda Alba», da Companhia João Garcia Miguel, no Teatro Virgínia

Publicidade

No dia 26 de Janeiro, sábado, pelas 21h30, sobe ao palco do Teatro Virgínia, em Torres Novas, a peça de teatro «A Casa de Bernarda Alba», pela Companhia João Garcia Miguel, a partir do texto original de Federico Garcia Lorca.

A peça é interpretada por Sean O’Callaghan, Annette Naiman, Paula Liberati e Duarte Melo. Segundo João Garcia Miguel, responsável pela direcção e espaço cénico, «com a morte do segundo marido, Bernarda Alba decreta um luto de oito anos e submete as suas filhas à reclusão, dentro das frias paredes da casa, com as janelas fechadas. Duas das filhas, porém, apaixonadas pelo mesmo galanteador das redondezas, um rapaz de vinte e cinco anos chamado Pepe Romano, desencadeiam uma disputa cruel e perigosa para conquistarem o amor desse homem, com consequências trágicas.A escolha de A Casa de Bernarda Alba é um apelo contra o isolamento que aumenta no mundo. É por isso um libelo, um resistir. Regressam as “Bernardas Albas” crescendo à luz cruel dos nossos dias, como monstros que despedaçam vidas. As “Bernardas Albas” fecham as casas, que é como quem diz, as nossas instituições e são a cada dia mais coercivas. As oportunidades não iguais para todos…».

Os bilhetes têm o custo de 7,5€, sendo aplicáveis descontos, e podem ser adquiridos na bilheteira do Teatro Virgínia, em www.bol.pt e nos pontos de venda Fnac e Worten. O espectáculo destina-se a maiores de 16 anos.